Coronel “bom” é coronel na RESERVA

“Fiquem atentos: Não é tão difícil reconhecer um”
GUARDADAS AS ELOGIOSAS EXCEÇÕES, VOCÊ CONHECE UM CORONEL “PESTE” NA RESERVA QUANDO:
1. Ele não tem mais um telefone 8833, e, por isso, não espere que ele retorne para falar à vontade se você der um “toque”;
1.1. Você o flagra em um posto de combustível, puto da vida, porque tá pagando o abastecimento do próprio bolso;
2. O único carro oficial a conduzi-lo for a ambulância do SAMU, caso ele precise acompanhar algum parente ou não tenha plano de saúde, ou, por outro lado, envolver-se em acidente de trânsito (o que não é difícil, já que não têm o hábito de dirigir porque que quem fazia isso pra ele era um motorista da PM);
3. Completando o item anterior, ele for obrigado a dirigir o próprio veículo, a não ser que encha a cara. Nesse caso a mulher vai dizer: “Ei, seu bunda mole, bebeu, passe a chave, e abaixe o vidro da porta pra não vomitar no carro”;
 4. Ao invés de “coronel”, ele passar a ouvir somente a palavra “vovô”, porque ocupação de coronel na reserva é levar os netos na escola;
5. Seus ouvidos não ouvirem mais a bajuladora frase “às ordens, meu chefe”, a não ser quando vinda do garçom ao trazer o cardápio, ou quando assiste a um filme de gangster, mas somente depois que a mulher acabar de assistir a novela;
6. A única farda que ele usa é um pijama de listinha de uma liquidação da C&A dado de presente por algum neto;
7. Seu telefone não toca mais, a não ser que seja mensagem da operadora oferecendo uma nova promoção pré-paga;
8. Não recebe mais ligações de parentes e amigos parados em blitz da PM. Caso algum parente desavisado cite o nome dele, o praça vai perguntar: “ele está comando qual unidade mesmo?” Se a resposta for: “ele está na reserva” (e se tratar de uma leseira feito o Luciano Silva), pode ser que o praça responda: “já foi pra reserva tarde. Diga a ele que eu desejei um péssimo dia. Aqui está sua multa…”.
9. Ele (coronel R/R), andando na orla, ao invés de ficar procurando quem tá “folgado” no posto, ficar querendo puxar conversa com os praças de P.O., pedindo a Deus que algum o reconheça para lhe prestar uma mísera continência (a exemplo do que o Brito faz, quase todo dia).
10. Ele notar que manda em casa somente mais do que o cachorro poodle, desde que ele não aborreça o cachorro. Nesse caso, a mulher vai botar ele para dormir na sala, enquanto o cachorro vai dormir tranquilamente na cama da madame;
11. Ele parar numa blitz (onde só tem praça) e nunca mostrar a identidade militar, preferindo primeiro dar uma de “amigo” para depois se identificar e pedir algum favor, se assim precisar;
12. Toda vez que tem oportunidade se põe a dizer que a “PM está desmoralizada”, esquecendo ter sido ele próprio um grande responsável por essa desmoralização;
13. Percebe que não pode ocupar seu tempo dando aulas. É que nenhuma escola do Brasil tem na grade curricular o Regulamento Disciplinar da PMAL; e ele só aprendeu a usar isso na vida;
14. A única reunião de coronéis que ele participa é por ocasião do jogo de damas e de baralho na inútil Associação dos Oficiais da Reserva;
15. Finalmente, começa a perceber que “tudo” que ele “fez” na PM foi uma grande m… Que poderia ter feito melhor, mas agora é tarde demais…
16. A mulher e os filhos começam a perceber que agora o coronel da reserva faz exatamente o que fazia na ativa: PORRA NENHUMA.
Por isso, o BEF, guardadas as elogiáveis exceções, deseja a todos os coronéis da reserva que, quando na ativa:
– perseguiram
– puniram injustamente
– usaram a corporação como o banheiro de casa
– deram em cima das policiais indefesas
– burlaram concursos para enxertar filhos no Cursos de Oficiais
– embolsaram as “contribuições” das parcerias ilegais com o setor privado (o famoso e escondido mensalinho da PM – dinheiro de usinas de açúcar, de shoppings centers, do CDL, da Coca-Cola etc., etc., etc.) e
– surrupiaram a “taxa” ilegal escolar roubada dos alunos do CFAP e da Academia…
…um péssimo 2012, 2013, 2014… assim com uma passagem de ida para alguma usina de beneficiamento nuclear do Irã.
Tomara que lá, eles sejam acusados de serem espiões dos Estados Unidos… (bang, bang, bang… ratatatá…) Toma bandido!

Comente esta matéria

Comente esta matéria

Deixe seu comentário