Detento que postou foto em rede social tem regressão de regime

Homem iria passar para regime aberto em uma semana em Criciúma.
Três detentos identificados na rede social estão em celas isoladas.

Um dos três detentos que postaram fotos e mensagens em uma rede social dentro de Presídio de Criciúma, no Sul de Santa Catarina, teve a regressão de regime aprovada pela Justiça. O homem iria passar para o regime aberto em uma semana, mas voltou para o fechado, conforme informou reportagem do Bom Dia Santa Catarina desta quinta-feira (28).
Pelo menos três detentos tiveram acesso à internet no Presídio Santa Augusta nas últimas semanas. Os homens aparecem nas imagens fazendo poses dentro das celas da unidade. As fotos também mostram os detentos usando o uniforme do presídio.
Presos postam fotos de dentro de presídio, em Criciúma (Foto: Reprodução RBS TV)Presos postaram fotos de dentro
de presídio em Criciúma
(Foto: Reprodução RBS TV)
A decisão pela regressão do regime foi da Vara de Execuções Penais de Criciúma. Em Criciúma, o juiz Rubens Salfer ainda não havia trabalhado em um caso assim, envolvendo publicações na internet. Mas, segundo ele, o uso de celulares é flagrado constantemente no presídio. Por mês, são apreendidos, em média, seis aparelhos.
Contatos entre os detentos e o mundo exterior preocupam o juiz. “Alguns ataques saíram às ordens do interior de estabelecimentos penais, não só de Criciúma, como de São Pedro de Alcântara [na Grande Florianópolis], Joinville [no Norte] e outros lugares”.
Sem bloqueador
A direção do presídio confirmou que os três detentos identificados na rede social estão em celas isoladas e que os três celulares possivelmente usados pra fazer as postagens foram apreendidos.
A unidade prisional não possui bloqueador de sinal de telefonia móvel. A Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania informou em nota que, por enquanto, não existe prazo para instalação desse tipo de aparelho no presídio.

Comente esta matéria

Comente esta matéria

Deixe seu comentário