Dois suspeitos morrem em confronto com a Rota na zona leste

Eles estavam em um carro roubado e não obedeceram a ordem de parar
Dois suspeitos foram mortos por policiais da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar), na madrugada desta segunda-feira (2), depois de perseguição e troca de tiros. Um dos bandidos tinha uma granada dentro do carro.
Os policiais faziam patrulhamento na região quando desconfiaram dos homens em um carro roubado. A Polícia Militar havia recebido denúncia de que um carro estaria rondando casas de policiais militares que moram na região de Sapopemba. Uma viatura da Rota que estava por ali conseguiu localizar o veículo pelo número da placa.
Os suspeitos não obedeceram à ordem de parar e houve perseguição. O carro deles bateu em cheio em um poste, que fica na curva da avenida Sapopemba, na zona leste de São Paulo. Segundo a polícia, depois do acidente, os homens desceram atirando. Os policiais da Rota revidaram e atingiram os dois criminosos.
Um deles morreu no local. O outro chegou a ser socorrido, mas não resistiu. O Gate (Grupo de Ações Táticas Especiais) foi chamado para isolar o local porque, além da arma na mão do suspeito morto, havia uma granada militar. Segundo a PM, ele chegou a acionar o artefato, mas a bomba não explodiu.
O Gate levou cerca de uma hora para retirar a granada do lado do suspeito morto e fazer a detonação. Como os dois suspeitos foram mortos, o caso vai ser investigado pelo Departamento de Homicídios de São Paulo.

Do R7, com Agência Record

Comente esta matéria

Comente esta matéria

Deixe seu comentário