Ególatra

É categoricamente falsa a afirmação de que a Polícia Militar de Alagoas tenha comemorado nesta terça terça-feira (25) o aniversário do comandante-geral da corporação, coronel Luciano Malvadeza. Ao contrário, a tropa despreza seu atual comando!
Salvo se ele mesmo admire-se, ninguém, exceto os seus comparsas de hoje se regozijam de seu aniversário. Como podemos admirar um oficial com 20 anos de carreira dedicados à prática de arbitrariedades – e que agora pressiona seus inimigos diretos com PDOs e sindicâncias sem a devida motivação estatal – além da locupletação própria interna-corporis, e que enquanto a tropa recolhe as migalhas que deixam cair da mesa farta da panela existente hoje? O almoço no Salão Nobre do Quartel do Comando Geral com meia dúzia de vassalos foi a tradução da mais patética imagem dos banquetes de Luís XIV – o Rei Sol – a tropa ficou de fora, não havia o que comemorar.
O boicote evidente a sua política hitleriana torna a cada dia mais insustentável a sua permanência à frente desta cadeira de tamanha responsabilidade. É fato: a tropa o detesta!
O presente que gostaríamos de receber do Governador no dia do seu aniversário, Lulu, seria a SUA SAÍDA.
Ainda paira no ar uma singela pergunta: O que teria dentro da enorme caixa presenteada ao Comandante-Geral pela sorridente Tenente Josiene, que tenha alegrado tanto o nosso sempre tão sisudo Lulú Malvadeza?

Comente esta matéria

Comente esta matéria

Deixe seu comentário