Estátua do Michael Jackson no rio “troca” fuzil por boné da PM

Imagens estão viralizando nas redes sociais; homenagem ao Rei do Pop é de bronze

No alto do morro Dona Marta, na zona Sul do Rio de Janeiro, uma estátua de bronze de tamanho real é um marco da passagem do Michael Jackson pela comunidade, em 1996, quando gravou naquela laje algumas das cenas do videoclipe da música “They don’t care about us” (Eles não se preocupam com a gente, em inglês). 
Nos últimos dias, a estátua casou polêmicas nas redes socias com a divulgação de uma fotografia mostrando um fuzil pendurado no pescoço da obra. Para muitos internautas, a imagem seria uma apologia ao crime.
Três dias depois, uma novo foto da estátua está circulando pelas redes sociais. Desta vez, a estátua está usando um boné com características iguais aos usados pelos Policiais Militares do Rio de Janeiro. 
A estátua está no Dona Marta desde junho de 2010, e foi inaugurada um ano após a morte do cantor. 
Segundo a Polícia do Rio de Janeiro, os suspeitos de terem colocado o fuzil na estátua são integrantes da quadrilha de Marco Pollo Lima dos Santos, conhecido como Mãozinha, que estava foragido da Justiça e foi preso pela UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) no último dia 27.
Ainda não se sabe quem fez a foto mais recente, com a estátua usando o boné. 
Fonte: R7

Comente esta matéria

Comente esta matéria

Deixe seu comentário