Ex-policial suspeito de assaltos é preso em Rio Branco

Homem agia sozinho e roubava, principalmente, mulheres, diz Polícia Civil.
Outros três, sendo um foragido de Manaus (AM), também foram presos.

Ex- policial esconde o rosto durante a apresenta (à esquerda). Adriano é suspeito de assaltar e agredir suas vítimas (à direita) (Foto: Denis Henrique/G1)Ex- policial esconde o rosto durante a apresentação (à esquerda). De blusa vermelha, Adriano, suspeito de assaltar e agredir suas vítimas  (Foto: Denis Henrique/G1)
A Polícia Civil apresentou, nesta quinta-feira (7), o ex-policial militar voluntário Fábio Roberto Marques Brandão, de 24 anos, preso suspeito de praticar vários roubos em Rio Branco. De acordo com as investigações, o ex-policial, em menos de duas horas, teria cometido cinco roubos. A polícia disse que Fábio agia sozinho e que roubava as vítimas sob a ameaça de morte com um revólver calibre 38.
O delegado responsável pelas prisões, Karlesso Nespoli, explicou como a polícia chegou até o suspeito e conseguiu provas para que fosse decretada a prisão preventiva de Fábio. “Entre os roubos, estava um celular que foi rastreado e estava na casa do Fábio, mas ele já tinha fugido. Diante dessa e mais informações, colhemos provas e conseguimos a prisão preventiva. Ele geralmente agia sozinho e suas vítimas eram preferencialmente mulheres que ameaçava com a arma”, explica.
Adriano Pereira Garcia, 24, também foi apresentado. Ele é suspeito por vários assaltos, onde, segundo a polícia, além de roubar, agredia suas vítimas dentro de suas residências. A Polícia Civil disse ainda que Adriano faz parte de um grupo organizado de assaltos em residências, dois de seus parceiros já foram presos durante a operação ‘Impactus’.
Michael Araújo (à esquerda) será encaminhado novamente para Manaus, Marrilson Araújo permanece preso em Rio Branco  (Foto: Denis Henrique/G1)Michael Araújo (à esquerda) será encaminhado novamente para Manaus, Marrilson Araújo permanece preso em Rio Branco (Foto: Denis Henrique/G1)
O delegado Alcino Júnior também apresentou dois irmãos suspeitos de vários crimes. Um deles é foragido de Manaus (AM). Michael Araújo de Souza, de 21 anos, foi preso junto com seu irmão Marrilson Araújo Cavalcante, 24. De acordo com o delegado, Michael participou de um homicídio em Manaus há menos de 30 dias e fugiu para o Acre, onde estava morando com o irmão.
“A prisão de Marrilson é significativa porque ele cometia vários roubos em Rio Branco. Além disso, levava medo à população de alguns bairros da capital. Durante a prisão dele, encontramos Michael, que em comunicação com a polícia amazonense conseguimos o mandado de prisão. Ele será levado para Manaus e nós continuaremos as investigações para localizar onde estão as armas de fogo utilizadas pela dubla”, destaca.
Do G1 AC

Comente esta matéria

Comente esta matéria

Deixe seu comentário