#Maranhão #PMMA #GREVE : Policiais se reúnem com governadora para decidir greve no Maranhão.

Eles tomaram a Assembleia Legislativa e continuam acampados desde quinta-feira
Do R7, com Rede Record
Greve_maranhão 
Wennder Robert/Futura Press/AE

Policiais querem aumento salarial de 30%, porcentual referente a perdas dos últimos três anos

Agentes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros se reúnem neste sábado (26), com a governadora Roseana Sarney, para decidir sobre a greve da categoria, que começou na quinta-feira (24).


Na sexta-feira (25), eles se reuniram com uma comissão de deputados mas nada ficou decidido. eles continuam acampados dentro da Assembleia Legislativa, mesmo com o fato de o Tribunal de Justiça ter considerado a paralisação ilegal. O órgão informou que os sindicatos das categorias serão multados em R$ 200 por cada policial que aderir à greve.

Se a greve não for encerrada neste sábado, a Polícia Civil também poderá aderir ao movimento. Uma assembleia foi agendada pelos representantes grevistas para a próxima segunda-feira (28).

Os PMs querem aumento salarial de 30%, que é referente às perdas dos últimos três anos, segundo eles. Entre outros itens na lista de reivindicações estão: modificações de critérios de promoção e reorganização do quadro de oficiais, implementação de jornada de trabalho de 44 horas semanais e eleição do Comandante Geral da Polícia Militar.A Força Nacional enviou o policiamento ostensivo no Estado durante a paralisação da PM. No total, existem cerca de 7.500 policiais militares em todo o Estado.

R7

Comente esta matéria

Comente esta matéria

Deixe seu comentário