Ministério Público alerta Polícia Militar sobre uso de força durante o carnaval

O Ministério Público de Pernambuco emitiu uma recomendação para a Polícia Militar para que não haja emprego inadequado de força neste carnaval. A advertência consta em um documento enviada ao Comando Geral da Polícia Militar com o objetivo de garantir a segurança durante as festividades.

A recomendação foi assinada pelos promotores de Justiça Westei Conde e Jecqueline Elihimas e alerta para a necessidade de se prevenir e coibir eventuais excessos da polícia. 
No emprego de técnicas de detenção ou dispersão de foliões, a PMPE deve evitar a utilização de métodos que provoquem sofrimento desnecessário. Caso policiais militares façam o uso abusivo ou arbitrário da força, eles poderão ser responsabilizados em âmbitos administrativo, civil e criminal.
Entre as ações que devem ser cumpridas pela equipe da PM está também a de afixar a recomendação no quadro de aviso de todas as unidades policiais do Recife que estão envolvidas na Operação Carnaval 2013 e publicá-la no boletim geral da corporação. O Ministério Público estabeleu prazo de 48 horas para que a PM informe à Promotoria de Justiça sobre do acatamento da recomendação. 

Com informações do Ministério Público de Pernambuco. (Diário de Pernambuco).

Comente esta matéria

Comente esta matéria

Deixe seu comentário