PM abre inquérito sobre agressão de policial a homem preso no CE

Moradores afirmam que policiais agrediram suspeito com socos na cabeça.
Soldados dizem que homem os mordia e alegam legítima defesa.

A Polícia Militar abriu inquérito para apurar um caso de suposta agressão a um homem preso em Fortaleza no domingo (3), em Fortaleza. Os socos dos policiais foram filmados por morador do Bairro Conjunto Ceará. De acordo com depoimento dos soldados à Polícia Militar, o homem preso agrediu os policiais física e verbalmente, e reagiram em legítima defesa. O homem havia sido preso por dirigir alcoolizado e se envolver em um acidente momentos antes da prisão.
Segundo o relações públicas da Polícia Militar, tenente-coronel Fernando Albano, os policiais afirmam terem sido agredidos com mordidas pelo suspeito. Ele explica que, no momento da abordagem, o suspeito teria xingado os policiais, recebendo voz de prisão por desacato.
Ao ser levado para o veículo da polícia, o homem segurou o braço de um dos policiais e mordeu, mantendo o braço do soldado preso. Sem conseguir se soltar, o policial deu socos no homem para se defender, segundo o tenente-coronel da Polícia Militar. Ainda segundo a PM, um dos policiais teve o dedo machucado com a mordida do homem preso.
Os moradores que observavam a prisão e conheciam o suspeito tentaram afastar os policiais e afirmam que o homem foi agredido pelos soldados do Ronda do Quarteirão. O tenente-coronel Albano afirmou que o caso foi encaminhado para a Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário do Estado do Ceará (CGD), que vai investigar se houve ou não excesso por parte dos policiais.
Em nota, determinou a instauração de investigação preliminar para apurar possível excesso de policiais militares.
Abordagem
Segundo informações da Polícia Militar, o homem preso é suspeito de ter batido em uma motocicleta enquanto dirigia embriagado momentos antes da prisão. O homem foi levado para a delegacia e indiciado por desacato, embriaguez ao volante e lesão corporal. Ainda conforme a PM, todos os envolvidos realizaram exame de corpo de delito.
Do G1 CE

Comente esta matéria

Comente esta matéria

Deixe seu comentário