PM suspeito de atirar em empresário em Cuiabá se apresenta à corporação

Confusão em casa noturna da capital terminou com um ferido e dois presos.
Segundo a PM, policial estava na boate para comemorar uma promoção.

O policial militar suspeito de ter atirado em um empresário durante uma confusão numa casa noturna de Cuiabá se apresentou nesta terça-feira (26) à Corregedoria da Polícia Militar, que acompanha o andamento das investigações. Porém, a corporação só deve tomar providências após conclusão do processo administrativo sobre o ocorrido. A Polícia Civil já instaurou inquérito para apurar o caso, que ocorreu na madrugada da última sexta-feira (22). A vítima, que levou um tiro no peito, não está mais na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas ainda permanece internada em um hospital particular da capital.
O responsável pelas investigações é o delegado Marcelo Graciano da Silva, da Segunda Delegacia de Polícia do Carumbé, na capital. O PM suspeito seria lotado em Chapada dos Guimarães, distante 65 km de Cuiabá. Conforme a Polícia Militar, o policial em questão está em férias e estaria na casa noturna, localizada na Avenida Getúlio Vargas, para comemorar uma promoção.
As câmeras de segurança registraram o momento da briga, quase generalizada, dentro da boate. Em seguida, um homem aparece para intervir, mas já de braço levantado para o alto e empunhando uma arma de fogo. Ele disparou para cima e ainda chegou a entrar em luta corporal com ao menos duas pessoas que tentaram contê-lo.
A confusão fez com que algumas pessoas deixassem o interior da boate, mas logo em seguida as imagens das câmeras mostram a entrada de um homem já baleado no peito.
Do G1 MT

Comente esta matéria

Comente esta matéria

Deixe seu comentário