Polícia Federal erradica aproximadamente 300 mil pés de maconha em PE

Ação visa diminuir a oferta da droga na capital pernambucana, no Agreste e no Sertão (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

Cidades da Bahia e de Alagoas também receberam a ação

Uma operação da Polícia Federal de Pernambuco (PF-PE) resultou na erradicação de 300 mil pés de maconha, suficientes para produzir 100 toneladas da droga, no Sertão de Pernambuco. A ação foi finalizada nessa quinta-feira (21) e divulgada nesta sexta (22). Foram destruídos 78 plantios e 139 mil mudas, além de 1,167 kg da droga pronta para consumo.
Iniciada em 11 de agosto, a ação foi deflagrada em Orocó, Cabrobó, Santa Maria da Boa Vista, Belém do São Francisco, Carnaubeira da Penha, Floresta, Betânia, Manari, Glória (BA), Paulo Afonso (BA) e Mata Grande (AL).
A operação Angico II (nome dado à vegetação nativa), foi realizada com o apoio da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco e a Secretaria de Segurança Pública do Ceará. Participaram 45 policiais federais e 15 policiais militares do Grupo Tático Aéreo, do Corpo de Bombeiros e da Companhia Independente de Operações e Sobrevivência na Área de Caatinga (Ciosac). Três aeronaves foram utilizadas na ação.
Durante o ano, a PF realiza de três a quatro operações de erradicação de maconha, o que faz a oferta da droga diminuir na capital pernambucana, bem como no Agreste e Sertão. O ciclo produtivo da cannabis é acompanhado de perto por policiais federais e quando vai se aproximando o período da colheita, novas ações são realizadas coibindo assim a secagem e consequente introdução no mercado consumidor.

Comente esta matéria

Comente esta matéria

Deixe seu comentário