Polícia já tem retrato falado de suspeito de matar uma das vítimas de Goiânia

Entre janeiro e agosto, 15 mulheres foram mortas de forma semelhante por motoqueiro

Polícia divulga retrato falado de suspeito de matar mulher em GoiâniaMontagem/R7
A Polícia Civil divulgou o retrato falado de um homem suspeito de matar uma mulher em março deste ano, em Goiânia. Ana Maria Duarte, de 26 anos, foi assassinada na porta de uma lanchonete. Além dela, outras 14 mulheres já foram mortas de forma semelhante entre 19 de janeiro e 3 de agosto. Uma das linhas de investigação fala de um suposto assassino em série.  
A assessoria de imprensa da polícia informou que nenhuma possibilidade foi descartada. Mandados de prisão preventiva foram expedidos e suspeitos são investigados, mas a quantidade não foi divulgada para não atrapalhar o trabalho da polícia. A última morte foi da adolescente Ana Lídia de Souza, de 14 anos. A garota morreu no último sábado (3) enquanto esperava um ônibus.   
As vítimas tinham entre 13 e 29 anos, eram mulheres jovens, bonitas e mortas da mesma maneira em bairros nobres de Goiânia. O assassino chega de moto, sozinho. Ele aborda a vítima, que não tem tempo de reagir. O homem atira e fogo sem levar nada. A polícia ainda investiga a morte de um homem nas mesmas circunstâncias e a tentativa de homicídio de outras duas mulheres.   
R7

Comente esta matéria

Comente esta matéria

Deixe seu comentário