Policial é morto ao tentar evitar assalto a padaria no Maiobão

Crime aconteceu na manhã desta terça-feira (26), na Região Metropolitana.
Dois suspeitos foram presos e levados para a Delegacia de Homicídios.

O subtenente da Polícia Militar Emiliano Alves Garcez Júnior foi morto a tiros na manhã desta terça-feira (26), em uma padaria no Maiobão, na Região Metropolitana de São Luís, segundo informações da Rádio Mirante AM.
De acordo com a polícia, o policial, que morava e trabalhava próximo ao local, chegou à padaria com amigos no início da manhã. Ao perceber que o estabelecimento estava sendo assaltado, o PM teria dado voz de prisão aos assaltantes, que reagiram e atiraram duas vezes, acertando o subtenente.
O PM chegou a revidar os tiros e acertou o pé de um dos suspeitos, que fugiram em seguida. A população chamou a polícia e foram encaminhadas equipes em duas viaturas. Os dois suspeitos foram presos ainda nas redondezas. Com eles, foram apreendidas duas armas e a quantia em dinheiro roubada do caixa da padaria.
Subtenente Garcez foi assassinado nesta terça-feira (26) (Foto: Divulgação / PM)Subtenente Garcez foi assassinado nesta terça-
feira (26) (Foto: Divulgação / PM)
O policial chegou a ser socorrido e levado a um hospital, mas não resistiu e veio a óbito. os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia do Maiobão e, em seguida, para a Delegacia de Homicídios da capital maranhense.
“A comunidade encontra-se de luto pelo óbito do subtenente, que morreu depois de tentar fazer o seu trabalho”, lamentou o comandante do 13º Batalhão da PM Major Diógenes Azevedo.

Por meio de nota, o Governo do Estado lamentou a morte do militar. Veja, abaixo, a nota na íntegra.

Em nome de todo o Sistema de Segurança do Maranhão, o secretário Marcos Affonso de Moraes lamenta a morte do subtenente Emiliano Alves Garcês Júnior, ocorrida na manhã desta terça-feira (26), no bairro Maiobão.
“Ficamos todos tristes com a perda do colega, que era um profissional íntegro e morreu em um ato de bravura. Sua carreira brilhante dentro da Polícia Militar será sempre lembrada por sua coragem. Solidarizo-me com a família do subtenente e deixo aqui o meu profundo pesar”, declarou o secretário.
O subtenente Emiliano Alves Garcês Júnior estava na carreira militar há 28 anos e atualmente era lotado no 13º Batalhão da Polícia Militar (BPM), em São José de Ribamar.
Do G1 MA

Comente esta matéria

Comente esta matéria

Deixe seu comentário