Policial militar de folga morre após ser baleado em bairro de Campinas

PM teria abordado grupo de suspeitos que planejava assalto no domingo.
Após o crime, houve perseguição e um dos suspeitos morreu.
Um polícial militar morreu após levar três tiros no Jardim Santa Genebra, em Campinas (SP), na noite de domingo (19). Segundo a Polícia Militar, o profissional estava de folga quando abordou um grupo de suspeitos que planejavam um assalto. Ricardo Nery Monteiro, de 44 anos, foi levado para o Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) mas não resistiu aos ferimentos. O polícial será enterrado na tarde desta segunda-feira (20) no Cemitério das Aléias.
De acordo com a polícia, o PM estava passando por uma rua do bairro quando abordou dois suspeitos e um outro que estava em um carro. Após atirarem, o grupo fugiu. Logo depois do crime, segundo a polícia, moradores da região informaram que dois homens haviam pulado muros de casas. Após a denúncia, houve perseguição e um suspeito morreu em troca de tiros com a polícia. Um homem foi preso durante a ação da polícia e confessou que estava planejando um roubo no bairro.
Com os criminosos, a polícia encontrou um revólver calibre 38. A polícia informou que o suspeito que morreu seria quem atirou no PM e o outro está preso na carceragem do 1º Distrito Policial de Campinas.
Do G1 Campinas e Região

Comente esta matéria

Comente esta matéria

Deixe seu comentário