Policial militar é morto com tiro na cabeça em Campos Novos

Policial militar é morto com tiro na cabeça em Campos Novos Três foram presos em flagrante e polícia suspeita que crime foi premeditado. Crime ocorreu por volta das 3h deste domingo (3). Um policial militar morreu após ser baleado na cabeça na madrugada deste domingo (3) em Campos Novos, no Oeste catarinense. De acordo com a Polícia Civil, Jaison Carniel, de 36 anos, estava em uma loja de conveniências do Centro da cidade quando foi atingido por pelo menos um tiro. Três homens foram presos em flagrante e a polícia suspeita que o crime foi premeditado. Conforme o delegado Lucas Fernandes da Rosa, responsável pela investigação, o policial estava a paisana no local e já conhecia os suspeitos. “Eles ficaram encarando o policial e, quando um dos suspeitos se aproximou, o PM perguntou o que estava acontecendo. Foi quando outro veio por trás e começou a atirar”, contou o delegado. Pelo menos três disparos foram efetuados e um deles acertou o policial, que não resistiu aos ferimentos. Após atirarem no policial, os cinco suspeitos fugiram. Conforme o delegado, a Polícia Militar atendia uma ocorrência próximo à rodovia e ao ver o veículo em alta velocidade desconfiou da ação e iniciou uma perseguição. Houve troca de tiros e os policiais conseguiram atingir o pneu do carro. Três suspeitos foram presos em flagrante e dois deles conseguiram fugir a pé. A arma utilizada por eles chegou a ser jogada para fora do carro, mas foi recuperada pela PM. Os três suspeitos devem responder por tentativa de homicídio e porte ilegal de arma. “Vamos trabalhar agora para identificar qual deles atirou no policial. Como não sabemos se foi um dos três ou se foi um dos fugitivos, todos vão responder por homicídio, mas a investigação vai apontar qual a participação de cada um no crime. Pela forma como ocorreu, foi com total intenção de matar”, disse o delegado. Ainda conforme o delegado, os suspeitos vão ser encaminhados ao Presídio Regional de Joaçaba. Fonte G1

Comente esta matéria

Comente esta matéria

Deixe seu comentário