Policial militar é morto a tiros em Guabiruba, no Vale

Everaldo Soares de Campos atuava há 20 anos na corporação. Ele foi baleado em frente a uma agência de cooperativa de crédito.

Um policial militar foi morto a tiros em Guabiruba, no Vale do Itajaí, na manhã desta segunda-feira (11). Segundo o Corpo de Bombeiros, Everaldo Soares de Campos, de 42 anos, foi baleado em frente a uma cooperativa de crédito.
Os bombeiros foram acionados por volta das 10h40 para atender a ocorrência na rua Vereador Érico Truppel, no Centro da cidade.
Quando os socorristas chegaram ao local, o policial estava próximo da porta da agência. De acordo com os bombeiros, foram identificadas sete perfurações. Ele estava consciente, mas desorientado e com dificuldades para respirar. Segundo a PM, três homens armados são os suspeitos. Eles fugiram. Ainda de acordo com a Polícia Militar, um malote foi levado.
O policial estava à paisana. Ele tinha acabado de ser atendido na agência e chegou a ser levado para o Hospital de Azambuja, em Brusque, mas morreu na unidade de saúde.
Segundo a PM, Everaldo atuava há 20 anos na corporação e atualmente integrava o Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) do 18º Batalhão de Polícia Militar.
A PM informou que investiga o caso e se seria um assalto ou se os suspeitos já tinham a intenção de matar o policial. A assessoria de imprensa da cooperativa Viacredi informou que o caso foi um assalto e que ocorreu na área externa, na calçada. A cooperativa informou não ter mais informações sobre o episódio.
“O posto de atendimento conta com todos os sistemas de segurança esperados de instituições financeiras, como porta giratória e seguranças particulares. A Viacredi contribuirá com todas as investigações da Polícia Militar”, informa a nota da Viacredi.
Fonte: G1

Comente esta matéria

Comente esta matéria

Deixe seu comentário