Policial militar morto por tiro na cabeça no litoral será velado em Itapetininga

Vítima estava de folga quando foi baleada em carro enquanto aguardava por amigo, em Itanhaém.

O policial militar Bruno Fabiano Bicudo Vaz, de 23 anos, que morreu após ser atingido por um tiro na cabeça em Itanhaém, litoral de São Paulo, na quarta-feira (6), será sepultado no cemitério São João Batista em Itapetininga (SP).
Segundo a Polícia Militar, o jovem, que trabalhava em São Vicente, estava de folga e aguardava um amigo, também policial, dentro de seu carro quando foi baleado.
Bruno chegou a ser socorrido e levado ao Hospital Irmã Dulce, mas não resistiu.
Ainda de acordo com a polícia, nada foi roubado da vítima. O crime também não deixou testemunhas, mas câmeras de monitoramento instaladas em casas nas proximidades podem ajudar a polícia a identificar e posteriormente localizar o responsável pelo disparo.
Fonte: G1

Comente esta matéria

Comente esta matéria

Deixe seu comentário