Soldado morto em Fortaleza ao ser confundido com bandido é sepultado

Policial foi confundido com bandido em meio a tiroteio, afirma delegado.
Policiais apreenderam um adolescente que diz ser o autor do disparo.

Foi sepultado nesta segunda-feirao o soldado do Exército Felipe da Silva Cruz, de 20 anos, morto com um tiro neste domingo (10) ao ser confundido com um bandido, segundo o o delegado plantonista da Divisão de Homícidios e Proteção à Pessoa (DHPP), Cleófilo Rodrigues. Felipe da Silva foi atingido com um tiro no peito. Um adolescente de 17 anos foi apreendido e confessou ser o autor do disparo.
Segundo a polícia, Felipe seguia de moto pela BR-116 quando foi surpreendido por um tiroteio entre gangues rivais. O adolescente estava dentro de um carro que trafegava na rodovia e disparou contra o soldado que seguia atrás. A vítima chegou a ser socorrida para um hospital particular de Fortaleza, mas não resistiu.
Depois do crime, a polícia fez buscas na região do tiroteio e prendeu mais dois homens, um de 23 anos e outro de 22 anos, suspeitos de tráfico de drogas e porte ilegal de armas. Com eles, foram encontradas armas, maconha, balanças de precisão e dinheiro trocado. O adolescente que confessou ter atirado contra o soldado foi encaminhado para Delegacia da Criança e do Adolescente, no bairro São Gerardo.
Do G1 CE

Comente esta matéria

Comente esta matéria

Deixe seu comentário