Soldados que dançaram funk com Hino Nacional prestarão serviços

Soldados de Dom Pedrito foram acusados de ultrajar Hino Nacional.
Grupo foi condenado em 2011, mas recorreu ao Superior Tribunal Militar.
Os oito recrutas que apareceram em um vídeo dançando o Hino Nacional Brasileiro em ritmo de funk, em maio de 2011, em um quartel de Dom Pedrito, na Região Noroeste do Rio Grande do Sul, foram condenados em sessão especial do Superior Tribunal Militar (STM) na terça-feira (7). A maioria dos ministros, por 9 votos a 1, condenou os soldados a um ano de prisão, que foi convertida em prestação de serviços.
Eles já haviam sido condenados no final de 2011 a um ano de prestação de serviços comunitários e recorreram ao Superior Tribunal Militar (STM). Todos os recrutas cumpriram o ano de prestação de serviço militar obrigatório e, desde 6 de janeiro deste ano, não estão mais no Exército.
Único ministro a votar contra, Carlos Alberto Marques Soares, que é civil, considerou, em seu voto, que a pena é exagerada e desproporcional. Os recrutas foram condenados porque ultrajaram o Hino Nacional Brasileiro.
Do G1 RS

Comente esta matéria

Comente esta matéria

Deixe seu comentário