SP: distribuição de sopa será proibida

Segundo a prefeitura da capital paulista, entidades podem até ser punidas caso distribuam alimentos nas vias públicas

Da Redação noticias@band.com.br
A prefeitura de São Paulo pode acabar, em 30 dias, com a distribuição gratuita de sopa para moradores em situação de rua. Segundo a Secretaria Municipal de Segurança Urbana, as ONGs (organizações não-governamentais) que oferecem o serviço podem ser punidas em caso de descumprimento da ordem. As informações foram divulgadas pelo jornal O Estado de S. Paulo.  
De acordo com a publicação, os alimentos só podem ser oferecidoa à população nas nove tendas da prefeitura, locais reservados como espaços de convivência social que atendem os moradores dem situação de rua durante o dia. 
Caso isso não seja seguido, as entidas pódem responder a processos administrativos ou, ainda, criminais. Segundo a prefeitura, a medida foi criada para “coibir a distribuição insalubre dos alimentos”.
Band.com

Comente esta matéria

Comente esta matéria

Deixe seu comentário