Suspeito de participar de morte de PM é preso dentro de geladeira

Homem estava pilotando a moto durante assalto que resultou em morte.
Crime aconteceu em Paudalho, na Zona da Mata de Pernambuco, na sexta.

Major Renan Nascimento deu detalhes da prisão
(Foto: Katherine Coutinho / G1 )
O segundo suspeito de envolvimento na morte de um policial militar de 32 anos, na última sexta-feira (1º), em Paudalho, Zona da Mata de Pernambuco, foi preso nesta quarta-feira (6), no bairro do Engenho do Meio, no Recife. De acordo com a polícia, ele estava escondido dentro de uma geladeira em funcionamento, na hora da prisão.
O homem preso nesta quarta estava dirigindo a moto que abordou o policial altura de uma lombada, em Paudalho. No sábado (2), o primeiro suspeito, que a polícia acredita ter feito os disparos, foi preso em Araçoiaba, no Grande Recife. “Eles começaram a seguir o soldado na Ilha do Retiro, no Recife. Em Paudalho foi quando eles tiveram oportunidade de abordar e roubar a moto. Os suspeitos afirmam que o objetivo deles era a moto”, detalha major Renan Nascimento, integrante da Companhia de Policiamento com Motos (Cipmoto-PE).
A polícia chegou até o segundo suspeito, que tem 19 anos, após receber uma denúncia anônima pelo serviço telefônico 190. O homem foi detido na casa da namorada de 14 anos, que está grávida. “A geladeira onde ele estava escondido não tinha prateleiras, mas estava funcionando, para não levantar suspeitas. Estavam a sogra dele e a namorada na casa”, conta o major.
Segundo as investigações, o homem mora em Olinda com os pais e estava fugindo desde o sábado (2) à noite, quando a polícia já tinha sua identificação. Além de responder pelo crime de latrocínio, o segundo suspeito está sendo indiciado por tráfico de drogas, uma vez que a polícia encontrou 35 papelotes de maconha na casa. “Ele admitiu que vendia a droga em Olinda, onde mora. No começo, quis negar envolvimento na morte do policial, mas depois admitiu que foi chamado para pilotar o veículo”, detalha Nascimento.
De acordo com a PM, a vítima estava trafegando na BR-408, quando teria reduzido a velocidade para passar em uma lombada. Nesse momento, o policial foi abordado por dois homens que também estavam em uma moto. Ele foi atingido por tiros na cabeça, no peito e no braço. Esse foi o quinto policial militar morto no estado, este ano.
Do G1 PE

Comente esta matéria

Comente esta matéria

Deixe seu comentário