Traficantes montam fuzis genéricos com peças contrabandeadas

Estado onde mais morrem policiais, RJ é líder nacional na apreensão de fuzis. Até outubro, 445 foram apreendidos, mais que o dobro de 10 anos atrás.

Estado brasileiro onde mais morrem policiais, o Rio de Janeiro também é líder nacional na apreensão de fuzis. Até outubro deste ano, 445 foram apreendidos, mais que o dobro de 10 anos atrás.
Como se não bastasse, traficantes do Rio descobriram como montar fuzis estrangeiros. As peças entram no Brasil clandestinamente e vão parar na mão de armeiros profissionais. Veja na reportagem do Fantástico.
Fonte: Fantástico

Comente esta matéria

Comente esta matéria

Deixe seu comentário