Solenidade homenageia policiais femininas na Assembleia

Por iniciativa do Deputado Coronel Camilo, o Dia da Policial Feminina foi celebrado em Sessão Solene na Assembleia Legislativa nesta segunda-feira, 8/5. Diversas policiais foram homenageadas, dentre elas, a cabo PM Silmeire da Penha Pereira, que sobreviveu a nove tiros durante uma ocorrência policial.

Camilo destacou iniciativas suas em prol da categoria, como a unificação dos quadros masculino e feminino dentro da Polícia Militar no período em ele esteve à frente da Corporação, o que permite que a policial feminina ocupe os postos de comandante-geral, juiz do Tribunal de Justiça Militar e a chefia da Casa Militar.

Atualmente, Camilo tem mobilizado forças para aprovar emenda de sua iniciativa ao PLC 4/2017, que prevê a redução – de 30 para 25 anos – do tempo de serviço para a aposentadoria das mulheres policiais militares.

Os deputados Coronel Telhada, Delegado Olim e Fernando Capez, presentes à solenidade também apoiaram a iniciativa do Deputado Coronel Camilo. Todos foram unânimes em afirmar que é “uma questão de justiça”. Eles argumentam que as policiais civis já desfrutam desse critério, bem como diversas Corporações de outros estados do Brasil.


Gostando da Reportagem? Não esqueça de curtir nossa página pelo Facebook. Este é o nosso maior pagamento, sempre!

O presidente da Assembleia Legislativa, Cauê Macris e o Secretário da Segurança Pública, Mágino Barbosa, também participaram do início da solenidade, que rendeu homenagens também a quatro policiais militares femininas que foram eleitas vereadoras nas últimas eleiçõs: Coronel Adriana Cristinas Grigneiro (Piracicaba), Cabo PM Mariuza de Fátima Cerazi (Presidente Bernardes), Cabo PM Gerice Rego Lione (Suzano) e 3º Sgt PM Ester Maria Sezalpino Mioto (Penápolis).

A soldado Maria Aparecida Caixeta, de Campinas, também foi homenageada por ter sido de vários elogios em atitude humanitária (socorro a idosa). Outras policiais pertencentes à Assessoria Policial Militar da Assembleia Legislativa também foram homenageadas.

Alda Marco Antônio, coordenadora do PSD Mulher, o deputado federal Major Olímpio (SD/SP), e a vereadora paulistana Adriana Ramalho e a Coronel Eliane Nikoluk também compuseram a mesa dos trabalhos e fizeram uso da palavra destacando as dificuldades de se conciliar o trabalho policial com as outras funções normalmente exigidas da mulher.

Fonte: Coronel Camilo

Receba Notícias do PolicialBR pelo Whatsapp
Quer receber notícias no seu celular sem pagar nada? 1º - Adicione este número à agenda do seu telefone: (14) 981418655 e envie uma mensagem neste número solicitando receber as notícias com seu nome e UF.
As matérias aqui transcritas estão em conformidade com os termos do artigo 46 da Lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998.‏

COMENTÁRIOS - GOSTARÍAMOS DE SABER SUA OPINIÃO SOBRE ESTE TEMA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole as Leis, denuncie através do Fale Conosco do PolicialBR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − oito =

error: O conteúdo está protegido! Utilize os botões para compartilhamento.