Agentes penitenciários são atacados ao deixar casa de detenção

Um dos agentes foi baleado no peito e segue internado após cirurgia; autores dos disparos seguem foragidos, segundo a polícia
Dois agentes penitenciários foram atacados por dois desconhecidos em uma moto quando deixavam o Centro de Detenção Provisória (CDP) do Belém, na zona leste da capital paulista, por volta das 21h30 de sexta-feira. Uma das vítimas foi baleada.
Os dois agentes já haviam saído do local de trabalho e caminhavam em direção ao estacionamento da Associação Desportiva da PM quando foram surpreendidos pelos atiradores ao cruzarem a Rua Nelson Cruz, junto a uma favela.
Um dos agentes se jogou ao chão e conseguiu escapar dos disparos, porém o colega dele foi baleado no peito.
Encaminhada para o pronto-socorro do Tatuapé, a vítima passou por cirurgia até as 3h30 da madrugada deste sábado, segundo a Polícia Civil.
O estado de saúde do agente hospitalizado e a identificação dos dois não foram fornecidos pela polícia. Os autores dos disparos continuam foragidos.
O caso foi registrado no 30º Distrito Policial, do Carrão. (IG).

Comente esta matéria

Comente esta matéria

Deixe seu comentário